A menina Rita de Cássia, de 11 anos, é pequena na idade, mas grande em seus sonhos. Ela mora em uma casinha de taipa feita com barro e fios de bambu, cheia de rachaduras e infiltrações, mas ainda ssim consegue ter esperanças de um futuro melhor. E se engana quem pensa que ela fica simplesmente esperando as coisas acontecerem. Rita de Cássia é daquelas que arregaçam as mangas. Disposta a caçar o seu próprio final feliz, ela decidiu escrever livros à mão para vender e assim poder dar uma casa nova para a família.

Rita é de Mata Redonda, na Zona Rural de Remígio (PB). A casa onde a sua família vive está em condições precárias, com rico iminente de cair. E foi pensando em arrumar um lugar melhor para morar com a família que ela começou a escrever.

“Ela sempre escrevia. Aí depois que ela viu a situação da gente, ela resolveu que queria ajudar, chorava porque queria ajudar. Eu falei pra ela que ela era criança e que tinha que estudar para só depois ajudar a mãe. Ela escreveu os livrinhos e queria vender com a irmã, mas eu proibi porque elas são crianças”, relata Jacimeri Carvalho.

Como as meninas ficaram tristes coma  recusa,  a mãe decidiu gravar um vídeo com elas falando sobre a ideia para postar nas redes sociais. “Ela também queria fazer frases de autoajuda e sair vendendo por aqui e eu não deixei. Aí eu disse ‘então, tá! Vamos fazer um vídeo e botar no face com você oferecendo seus livrinhos’. Mas era só pra acalmar o coração dela”, disse Jacimeri.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar) em

Os livros escritos pela menina nem chegaram a ser vendidos, mas o seu relato comovente nas redes sociais já deu resultado. Depois do vídeo, várias pessoas se ofereceram para ajudar na construção de uma nova casa para a família. Alguns doaram telhas, outros tijolos, outros cimento, outros cerâmica e alguns doaram o próprio trabalho para levantar o lar.

A construção ainda está no começo, na parte do alicerce e deve ficar pronta em 60 dias. A antiga casa tem cinco cômodos, está cheia de umidade, infiltrações, a madeira está podre e o risco de cair é eminente. Por causa disso, enquanto durar a construção da nova residência, a família está abrigada na casa de uma prima de Jacimeri.

Rita já escreveu mais de 80 estórias infantis e também já recebeu mais de 50 encomendas dos seus livros, que vão ser vendidos a R$ 5. Para confeccionar os livrinhos, ela usa folhas de papel que ganhou de colegas. A jovem escritora também faz as ilustrações.

“Me emociono muito. Ela sempre foi assim, uma menina muito amorosa e compreensiva. Ela é tudo na minha vida. Ela é o amor em forma de gente. Tem um coração de ouro. Os sonhos dela são infinitos”, disse a mãe.

Rita sonha ser atriz, bailarina e produtora de filmes e musicais. Um dos seus livrinhos é o “Gentileza a Gentileza”, sobre o qual ela explica: “É um livro que ensina a seu filho ou sua filha a repassar uma gentileza. Assim o mundo vai ter crianças que ajudam ao próximo e que fazem os outros ajudarem aos outros”.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Razões para Acreditar.
Fotos: Arquivo pessoal.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.