A pequena Beatriz Cottini, de 7 anos, não conseguiu segurar a emoção ao finalmente reencontrar os pais, de quem estava afastada há 20 dias. Eles foram diagnosticados com Covid-19 e precisaram ficar isolados, enquanto a filha, que tem síndrome de Down, ficava sob os cuidados da avó – que também teve a doença, mas já havia se recuperado. Quando soube da novidade, ela ficou mal pôde acreditar.

Graziela e João Cottini, os pais da Beatriz, resolveram fazer uma surpresa para a filha logo que souberam que estavam livres da doença. O momento emocionante foi registrado em um vídeo que extrapola todos os níveis de fofura.

Nas imagens, registradas na quarta-feira (15), a menina fica reticente ao ser informada de que agora pode abraçar os pais à vontade. Ela chega a questionar:”É verdade?”

O vídeo mostra o momento em que Beatriz vê os pais a alguns passos de distância e já fica toda feliz. Ela faz um sinal de abraço à distância e os pais perguntam: “Quem você vai abraçar primeiro? Agora pode!”.

A pequena no entanto questiona se realmente pode abraçar, por causa do coronavírus. Mas é aí que a mãe explica que, depois de todos os cuidados, os pais fizeram novos exames e foram liberados pelo médico para abraçar a filha novamente.

A menina mal pode acreditar e diz: “É verdade?”. A mãe garante que sim e todos se abraçam.

Beatriz expressa em palavras o que vinha sentindo desde que teve de se separar dos pais: “Eu estava com muita saudade de vocês dois” – sentimento esse que será “espremido” com segurança nos milhões de abraços em família.

Veja o vídeo:

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de G1 Goiás.

Fotos: Reprodução/TV Anhanguera

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.