O Brasil e o México são duas nações que guardam muitas semelhanças entre si, tanto geográficas, quanto políticas, culturais e econômicas. Mas talvez a maior semelhança entre os dois países – e uma caractérística comum à maioria dos países latino-americanos – seja a desigualdade social. Enquanto poucos tem muito, muitos tem pouco. E a melhor maneira de ilustrar isso é contando uma história que aconteceu no México, mais precisamente no estado de Nayarit, mas que bem poderia ter acontecido no Brasil.

Para muitos de nós, um bolo de aniversário é algo tão banal que quase não podemos imaginar um aniversário sem soprar as velinhas ou fazer um pedido. Mas essa não é bem a realidade de Nayaar, um menino da tribo indígena Huaynamota, que confessou à sua professora que nunca havia ganhado um bolo de aniversário. Comovida, ela decidiu fazer algo para mudar isso.

Bii Glez, a professora de Nayaar, compartilhou nas redes sociais as imagens do momento em que presenteia o aluno com um bolo de aniversário.

De tão emocionado e feliz que ficou com o gesto da professora, Nayaar não pôde conter as lágrimas.

O garoto quis cortar o bolo, mas como nunca tinha comido um, não sabia como fazê-lo. Seus colegas de classe então o incentivaram a dividir as fatias do bolo, não importando como faria isso.

“Ninguém nasce sabendo como cortar um bolo”, foi o que a professora escreveu ao lado das imagens.

Esse belo gesto encheu uma criança de felicidade, e é tão simples que pode ser facilmente replicado. Precisamos de mais pessoas assim no mundo!

***

Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Nation.
Fotos: Reprodução Facebook.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.