Um caso triste ocorrido na Arábia Saudita chamou a atenção da imprensa de todo o mundo nos últimos dias. Um menino de apenas um ano faleceu depois que a haste do teste para Covid-19 quebrar dentro do seu nariz. De acordo com a família, a criança chegou ao hospital com febre e não tinha nenhuma doença pré-existente. O caso, ocorrido em julho, aonda está sendo investigado.

A imprensa local noticiou que o menino chegou a passar por um procedimento cirúrgico para a retirada do objeto, e deixou a cirurgia em estado estável. Entretanto, no dia seguinte, perdeu a consciência e passou a ter dificuldades para respirar. Uma radiografia teria revelado um bloqueio das vias aéreas em um dos pulmões. O tio do menino contou ao Al Arabiya que o garoto faleceu antes de conseguir ser transferido.

Reprodução/Al Arabiya

Consultado pela revista Crescer, o otorrinolaringologista Raimar Weber, do centro de Obstrução Nasal, Ronco e Apneia do Hospital Infantil Sabará (SP), disse que hastes feitas de madeira, como as usadas em algumas localidades, têm mais chances de quebrar durante o seu uso do que as de plástico, flexíveis.

Ainda de acordo com o especialista, embora não se saiba exatamente o que ocorreu no caso do garoto da Arábia Saudita, acredita-se que o incidente tenha ocorrido por uma movimentação brusca feita pela criança durante o exame.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de A Trinuna.
Foto destacada: Pixabay.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.