As crianças podem apresentar comportamentos que não são conuns na sociedade em que vivemos, por isso devemos analisar a situação antes de tirar uma conclusão e, sobretudo, evitar contaminar os pequenos com os antigos preconceitos que talvez ainda nos acompanhem. É o caso de um menino que pediu uma boneca de presente para seus pais, o que não é típico. No entanto, ele tinha um motivo especial.

“Eu te digo que meu filho, que brinca com a irmã todos os dias, me pediu para comprar uma boneca para ele porque a irmã dele não emprestou a dela e ‘ele quer ser um ótimo pai como seu pai”, escreveu a mãe nas redes sociais.

“Hoje eu comprei a boneca para ele. E tem sido a coisa mais adorável do mundo. Ela não só está super feliz, mas também cuidou dela a tarde toda. Ele deu mamadeira e ela, a abraçou, a beijou e diz coisas lindas para ela. O que vou fazer com isso? Não sei quanto a você, mas ao ensinar meu filho a cooperar em casa e permitir que ele seja um bom pai, estou fazendo questão de deixar um homem excelente neste mundo”, acrescentou.

Parece que a criança tem certeza de como deve se comportar no futuro, apesar de ser tão jovem agora. Algo quase garantido é que a sociedade precisa de mais adultos como aquele que ele quer ser quando crescer.

“É assim que vamos mudar esta sociedade, meu povo. Não criando mais machos alfa. Eliminando o sexismo e o patriarcado pela raiz. Brincar de boneca, uma pequena cozinha e fazer as tarefas domésticas não o tornará menos homem, mas uma pessoa melhor, um filho melhor, irmão e marido; se você tem filhos, porque se você não quer ter, maravilhoso também. É a vida dele ”, concluiu a mãe.

Esse menino é um exemplo para todos quando deixa para trás qualquer tipo de preconceito machista.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de UPSOCL.
Fotos:

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.