Aos 15 anos, a modelo brasileira Georgia Furlan Traebert acumula conquistas. A catarinense, que já tem mais de 131 mil seguidores no Instagram, foi capa na edição do mês de julho de uma revista na Austrália. Antes disso, ela foi finalista de um concurso de influenciadores digitais na Europa.

Georgia, que tem síndrome de Down, foi capa da recém-lançada revista “Katwalk Kids Fashion Magazine”, que promove a inclusão e a diversidade na indústria da moda infantil.

Ao G1, a adolescente diz ter ficado honrada com o convite. “…Adorei o resultado final. Fez muito sucesso na escola”, afirmou Georgia.

Georgia Furlan Traebert foi capa da edição de julho da australiana ‘Katwalk Kids Fashion Magazine’ — Foto: Reprodução G1/ Katwalk Kids Fashion Magazine

Rubia, mãe de Georgia e administradora de suas redes sociais, conta que a revista achou que a história da filha dela poderia ser inspiradora e ajudar outras pessoas a entender que elas podem fazer o que elas quiserem.

Muito ativa, além de ir à escola, ela fez aula de patinação artística, canto e teatro. Georgia também já participou de duas peças. E pretende ir mais longe: quer ser atriz profissional.
A mãe conta que “ela adora o palco”. “Ela fica super tranquila. Eu é que tenho que segurá-la”.
“Minha mãe é que fica nervosa”, interrompe Georgia, dando risada da mãe.

Rubia, que chegou a ser finalista do Miss Mundo Santa Catarina, conta que a carreira de Georgia começou por acaso, em 2012, depois que ela postou fotos nas redes sociais.
“Observei que tudo o que ela fazia ela fazia muito bem feito. Sentia que ela ficava muito bem na frente das câmeras. Até, então, via várias pessoas com síndrome de Down em subempregos e me perguntava: ‘Por que não uma modelo com Down?’ ”

Georgia é catarinense e sonha em participar de uma novela — Foto: Ander Machado/ Arquivo pessoal

Aos poucos, as postagens com mensagens motivacionais foram atraindo seguidores mesmo fora do país, com perfis bem variados. “Tem um público que tem síndrome de Down ou de familiares, mas tem muita gente de fora e modelos que gostam do trabalho dela”, conta a mãe.

Em 2015, Georgia participou de um desfile e foi contratada por cinco agências de modelos. A adolescente já deu entrevistas para os tablóides britânicos “The Sun” e “Daily Mail”. “É incrível como as matérias com ela foram bem na internet”, conta mãe.

A adolescente reconhece o apoio que recebe dentro e fora de casa. “Meus amigos são muito queridos, são carinhosos, adoro esse lado fofo deles. Eu me inspiro na minha mãe porque ela já foi miss. Amo a minha mãe. Amo a minha vida”.

Quando perguntada se gostaria de deixar um mensagem para os internautas, Georgia não tem dúvidas: “Lutem pelos seus sonhos para vocês serem felizes”.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de G1.
Fotos destacadas: Arquivo Pessoal.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.