Recentemente, Érica Daniele, uma mulher de 39 anos que mora em Fortaleza (CE), se viu obrigada a colocar a mão no medidor de energia elétrica de uma casa para impedir que o técnico do serviço de eletricidade cortasse o serviço no lugar. O homem ia com ordens que não podia recusar e tentou explicar à mulher que era apenas um enviado, mas Erica não deu um passo atrás.

Entre lágrimas, a mulher implorou para que ele não desligasse a energia, já que a casa pertence ao seu tio, que está internado desde fevereiro após testar positivo para COVID-19. Sua família, também afetada pela pandemia, não tem conseguido pagar suas dívidas.

Os vizinhos, que conhecem a situação de Roberto Carlos, o dono da casa, registraram o momento em que Erica se interpôs entre o técnico e o cronômetro. Eles fizeram um apelo para que as pessoas contribuíssem financeiramente para ajudara a família de Roberto a saldar a dívida. Porém, a cifra chegou a US $ 550 reais, difícil de se obter em tão pouco tempo.

Mesmo assim, não foi impossível. O vídeo de Erica emocionou centenas de pessoas, estranhos que conseguiram enviar doações em dinheiro para a sobrinha pagar a dívida, o que lhes dará pelo menos mais um mês de tempo enquanto Roberto se recupera.

Segundo Erica, o tio já apresenta melhorias substanciais no estado de saúde e sempre foi um homem responsável por pagar suas dívidas, porém, desde que foi internado, a família não tem conseguido pagar todas as contas sozinha.

A comovente reação dessa sobrinha é apenas um exemplo desesperado de como tem sido difícil para muitas pessoas lidar com os revezes que a crise trouxe para os lares brasileiros.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de UPSOCL.
Fotos: Reprodução.

RECOMENDAMOS






Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.