A revista científica Frontiers in Aging Neuroscience publicou nesta quarta-feira (22) um estudo que revela o que acontece com o cérebro de uma pessoa no momento em que ela falece.

O estudo foi feito a partir de um caso inédito. Um homem de 87 que tinha epilepsia estava em meio a uma eletroencefalografia quando sofreu um ataque cardíaco fulminante e veio à óbito. Durante o ocorrido, cientistas de universidades da China, Estados Unidos e Canadá observaram oscilações muito específicas no cérebro que estão ligadas à memória, meditação e sonhos.

Segundo os cientistas, o exame a que o paciente foi submetido registrou 15 minutos em imagens e ondas eletromagnéticas. Especificamente nos 30 segundos antes e depois do último batimento cardíaco do idoso, a equipe notou que foi detectado um aumento em tais ondas, conhecidas como “oscilações gama”.

De acprdo com os pesquisadores, a descoberta sugere que, momentos antes do óbito, nos deparamos com “flashes” das nossas melhores lembranças. Isso porque a parte do cérebro ativada no paciente revelou que este momento o deixou em um estado meditativo e pacífico, segundos antes de falecer

Os pesquisadores ressaltam que a pesquisa levou em consideração dados de apenas um paciente, e que a epilepsia já havia danificado o cérebro do paciente. Portanto, são necessárias pesquisas adicionais para verificar se o cenário acontece em todas as pessoas.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Ric Mais.
Imagem destacada: Reprodução.

RECOMENDAMOS






Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.