A emancipação feminina fez com que muitas mulheres colocassem outros sonhos antes do desejo de viver a maternidade. Embora décadas atrás se acreditasse que as mulheres “são feitas para serem mães”, a situação hoje é bem diferente, e muitas optam inclusive por não terem filhos.

No entanto, decidir não ter filhos continua sendo uma decisão que causa estranheza em muita gente, por mais que tenhamos evoluído bastante essa discussão.

Uma jovem colombiana conhecida nas redes sociais como “Spanic Pavas” é mais um exemplo de como as mulheres ainda são julgadas quando decidem bancar suas próprias escolhas, mesmo que fujam dos padrões de comportamento feminino que a sociedade patriarcal ainda estabelece. Aos 21 anos, ela decidiu expôr nas redes a sua decisão de fazer a sutura das trompas para não ter mais filhos. E é claro que ela recebeu uma chuva de críticas.

Seu primeiro post sobre o assunto foi intitulado: “Ligadura tubária aos 21 anos”, acompanhado de um vídeo em que contava os dias em forma de contagem regressiva para a realização do procedimento. Ela também acrescentou na legenda: “Fiz ligamento das trompas aos 21 anos porque sofri muito com os hormônios dos anticoncepcionais e não quero ter filhos”.

Embora tenha esclarecido que não queria responder a comentários negativas, ela logo tratou de defender sua decisão. Quando questionada sobre quem cuidaria dela em sua velhice, ela respondeu: “Não posso trazer filhos ao mundo para me dar dinheiro, para me sustentar, para cuidar de mim. Absolutamente não”, respondeu ela.

Por outro lado, outras mães argumentaram que ela “se arrependeria” mais tarde. No entanto, ela deixou claro que enquanto para outras mulheres “o mais importante na vida é ser mãe, para mim o mais importante é não ser mãe e ser uma mulher absolutamente independente”.

Embora tenha recebido muitas críticas, ela também foi bastante procurada por outras mulheres que queriam saber mais sobre o processo e outras que tomaram suas decisões a partir disso: “É um processo definitivo e não dói muito. Sete dias depois, tiraram os pontos e está tudo super bem”, esclareceu em um de seus vídeos.

Agora, depois de uma grande rodada de perguntas, essa jovem comemora com vídeos bem-humorados a decisão de nunca ter filhos, como no vídeo em que ouve gritos e choros de crianças e celebra o fato de que nunca terá que acguentar acessos de raiva de crianças em casa.

Apesar da pouca idade, esta jovem defende sua decisão sem nunca mostrar-se culpada ou acuada com as críticas. Ela está segura de que não precisa de ninguém para decidir sobre o próprio corpo.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de UPSOCL.
Fotos: TikTok @spanicpavasr

RECOMENDAMOS






Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.