No dia 19/04/20, a querida filósofa Viviane Mosé fez uma Live incrível com a página do Clube Manouche (@clubemanouche) na qual falou sobre diversas temáticas, mas principalmente sobre como atravessar o período de pandemia do coronavírus.

Um trecho dessa Live foi extremamente impactante pra mim e fiz questão de transcrevê-lo. Confira!

************

Existe sim uma potência de ação em cada um de nós. Mas o que temos que aprender é que, nesse momento, estamos sem o aeroporto, sem amigos, sem abraço, sem o trânsito, sem conflitos, sem boletos na mão pra pagar. Até tem os boletos, mas isso a gente está negociando.

Então, temos um limite, e o que ele pode nos dar? Pode nos dar a potência da hidrelétrica. A hidrelétrica é um rio que corre. Quando alguém impede um rio de correr, ele fica enchendo, enchendo, e forma uma represa enorme. Aquela represa quer descer o rio e não consegue. Então ela empurra aquela barreira. Essa força acumulada querendo sair, a gente descobriu que fazendo umas turbinas a gente transforma isso em energia elétrica, que é o que está aqui. Então o que está aqui me iluminando é um rio que corre, que poderia está correndo, mas não corre porque virou uma hidrelétrica.

O limite torna o rio hidrelétrica. Se o limite do rio for tirado, ele só volta a correr, coitado! Agora se você mantém o limite e potencializa o limite, virá uma hidrelétrica. Estamos num momento limite, que temos que aprender a lição um. O limite é um bem. Limite-se! Por favor! Pare com essa mania de não ter limite.

O problema do limite é quando o outro lhe impõe e você fica possesso. Limite-se você mesmo. Agora! Estabeleça metas. Preciso ganhar peso ou perder peso. Aprender alguma coisa. Preciso arrumar a casa. Preciso acordar cedo. Preciso fazer exercícios…

Qual é a potência que eu queria que tivéssemos aqui? Nós vamos sair daqui com mais abraços que nunca, com mais amor que nunca, com mais dor no coração que nunca por todos os mortos que vamos ter que enfrentar… E vamos sair daqui com mais vontade de luta. Com mais pureza na alma. Com mais limpeza de espírito. Com almas mais largas, porque estamos limitados. Estaremos potencialmente lotados de ação!

Quando sairmos daqui, podemos mudar o mundo se quisermos, porque seremos seres hidrelétricos. Vamos lidar com o limite assim…

Viviane Mosé


**********

Achei essa comparação simplesmente genial. Somos seres hidrelétricos! Em poucos minutos ela deu uma verdadeira aula de Física aplicada à vida cotidiana. Eu sendo professor de Física fiquei encantado com essa maravilha.

O tempo todo eu repito em sala de aula: “Na natureza nada se perde, nada se cria, tudo se transforma…”. A famosa Lei de Lavoisier. Agora já pensou que legal? Nesse momento, não há nada que esteja se transformando mais do que a nossa sociedade como um todo.

Ela mesma fala que após a pandemia vamos encontrar um mundo destroçado, no qual teremos que arregaçar as mangas para reconstrui-lo em cima de novos valores, novas atitudes, novas visões, novos comportamentos etc.

Eu levo tudo isso pra minha vida! Estando confinado em casa, estou transformando minha energia potencial em ação através dos textos que escrevo, dos podcasts que gravo no meu canal do Spotify [link aqui] e das interações mais diretas nas redes sociais. E claro que direcionando sempre para o bem, para a elevação da consciência e para o movimento da construção dessa nova sociedade.

A hidrelétrica funciona por conversão de energia. A potencial que está no alto da represa se transforma em cinética na queda d’água, em seguida movimenta as turbinas e converte grande parte dessa energia em eletricidade, que se destinará às residências, indústrias e tudo o mais.

É maravilhoso levar a Física para o cotidiano. Veja que bonito! Energia potencial é aquilo que está armazenado e pode ser usado a qualquer momento, a partir do momento que se queira, preste atenção! O que aciona a conversão da energia se chama VONTADE. A partir da vontade eu me movimento, e esse movimento é a energia cinética. Essa energia cinética é capaz de gerar LUZ. Eu posso com meu movimento me iluminar, iluminar os que estão próximos a mim e posso iluminar o mundo inteiro! Uau! Lembra que a Viviane falou que podemos mudar o mundo? É assim que se muda o mundo! Esse texto está sendo lido por brasileiros espalhados pelos 4 cantos do mundo. Imagine se você que me lê levar adiante essa mensagem! Compartilhando no facebook, conversando com os amigos numa Live, ou pelo Zoom. O alcance passa a ser exponencialmente maior.

E cada um despertando a energia potencial que está aí, agora, armazenada dentro de você, ela pode ser movimentada para algo grandioso. Para algo que ilumine muita gente!

Somos seres hidrelétricos! Desperte a hidrelétrica linda que está dentro desse peito, pronta pra gerar milhões de megawatts e junto com milhões de outros brasileiros, ajudarmos a reconstruir nosso país tropical abençoado por Deus e bonito por natureza… Vamos?

***
Photo by Aziz Acharki on Unsplash

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


Compartilhar

COMENTÁRIOS




Isaias Costa
Bacharel em Física. Mestre em Engenharia Mecânica e Psicanalista clínico. Trabalha como professor particular de Física e Matemática e nas consultas com Psicanálise em Fortaleza. Também escreve no seu blog "Para além do agora" compartilhando conteúdos voltados para o autoconhecimento e evolução pessoal. Contato: isaiaspsicanalista@gmail.com