Um novo tipo de exame de sangue provou-se capaz de diagnosticar duas patologias que tem sintomas parecidos, a esquizofrenia e a bipolaridade. O teste foi desenvolvido por pesquisadores da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e da Estadual de Campinas (Unicamp), com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

Desde a descoberta da bipolaridade e da esquizofrenia, o diagnóstico das duas patologias é realizado com análise clínica, ficando condicionado à visão dos profissionais e ao relato do paciente. O diagnóstico pode levar anos. O novo exame busca analisar alterações bioquímicas e moleculares.

“É complicado diferenciar duas enfermidades que compartilham sintomas tão parecidos por meio de exames clínicos. Com o exame laboratorial é possível identificar padrões no soro sanguíneo e, assim, diferenciar casos de esquizofrenia e bipolaridade de modo preciso, o que melhora o prognóstico dos pacientes”, explicou a professora no Departamento de Farmacologia da Escola Paulista de Medicina (EPM-Unifesp) e coordenadora do estudo, Mirian Hayashi.

Para o coautor do artigo, João Victor Silva Nani, além de diferenciar os transtornos, o estudo também revela novidades, o que no futuro facilitará o tratamento. “Afinal, se existe um padrão de alteração nos metabólitos, ele decorre de uma via específica para cada doença, que ainda não conhecemos”, ressaltou.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de SBT.
Capa: Foto de Karolina Grabowska no Pexels.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.