Um homem em um vilarejo remoto no leste da Índia construiu sozinho uma estrada de 8 quilômetros em terreno montanhoso para ajudar seus filhos a frequentar a escola.

Os três filhos de Jalandhar Nayak levavam cerca de três horas em cada sentido para caminhar pela rota estreita e rochosa até a aula. Dois anos atrás, o vendedor de vegetais do estado de Odisha pegou um cinzel, uma enxada de jardim e uma picareta e começou a construir um caminho mais curto.

Seus esforços chamaram a atenção de funcionários do governo quando ele foi destaque em um boletim da mídia local.

“O esforço e determinação de Nayak para cortar montanhas para construir uma estrada me fascinou”, disse Brundha D., administradora local.

Ela disse que Nayak, 45, seria pago pelo tempo que passou construindo a estrada entre a vila de Gumsahi e a escola em Phulbani, de acordo com o Press Trust of India.

Nayak e os filhos são os únicos residentes restantes em Gumsahi, e o resto da cidade mudou-se para áreas com melhores estradas e serviços.

Nayak planejou trabalhar por mais três anos para construir os 7 km restantes necessários para concluir a estrada, uma obra que agora foi assumida pelo governo local.

“O coletor distrital garantiu-me que concluirá a construção da estrada para a minha aldeia”, disse Nayak.

Imagens de Nayak trabalhando foram transmitidas em rede nacional de televisão, mostrando-o esculpindo a rota e lutando para cobri-la com pequenas pedras.

Sua história está sendo comparada à de Dashrath Manjhi, um trabalhador de Bihar que passou 22 anos construindo uma estrada através de uma montanha, reduzindo a rota entre dois distritos em 42 km.

Os esforços de Manjhi, que inspiraram vários filmes, foram motivados pelos ferimentos que sua esposa sofreu ao tentar cruzar a montanha para levar o almoço para ele. Ele faleceu em 2007 e recebeu um funeral de estado.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Nation.
Fotos: Reprodução.

RECOMENDAMOS






Os assuntos mais importantes da área- e que estão em destaque no mundo- são a base do conteúdo desenvolvido especialmente para nossos leitores.