Sthephen Hawking é provavelmente a pessoa mais conhecida no mundo a sofrer de esclerose lateral amiotrófica, popularmente conhecida como ELA. É uma doença cruel que afeta os neurônios motores, o tronco cerebral e a medula espinhal. Ela se deteriora até que o movimento voluntário dos músculos pare completamente.

No mundo são poucos os casos, porém, todos são marcados pela ignorância: A origem não foi descoberta e o tratamento não foi mencionado. Agora pode haver avanços significativos, já que pesquisadores do Centro de Pesquisas Biológicas de Madri podem ter encontrado uma resposta.

O fato de o notável astrofísico e gênio conviver com essa doença neurodegenerativa por mais de 50 anos foi um verdadeiro milagre, já que geralmente a expectativa de vida não ultrapassa os 4 anos.

A grande pedra no sapato para encontrar uma cura ou um tratamento é que sua origem é desconhecida, ninguém sabe o que a desencadeou.

“É realmente muito difícil encontrar a cura para algo que a gente não entende bem (…) até agora tem havido pouco investimento das grandes empresas farmacêuticas para conseguir a cura”, explica Valle Palomo, pesquisadora principal júnior do Centro de Pesquisas Biológicas (CIB-CSIC).

(CIB-CSIC)

Palomo e sua equipe avançaram dentro das possibilidades, alcançando “resultados promissores”, em suas próprias palavras.

São medicamentos que conseguem inibir uma proteína envolvida no mecanismo da doença. Os pesquisadores já fizeram vários testes em animais, mais especificamente em ratos. Este pode ser um achado importante.

AFP

Para continuar sua pesquisa, a próxima etapa anda de mãos dadas com o convencimento das empresas farmacêuticas a investir. Se tudo correr bem, os ensaios clínicos em humanos podem começar mais cedo ou mais tarde.

“Pode ser uma esperança para os pacientes, porque as moléculas que estamos testando podem retardar a rápida progressão da doença.”.

AP

No momento tudo é um “pode ser”, já que a prova de fogo serão os testes em humano. Se os resultados forem positivos, casos enigmáticos como o de Stephen Hawking teriam uma resposta.

Para o bem de todos os pacientes que aguardam um avanço na ciência, esperamos que tudo saia perfeito. Eles merecem um tratamento.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de UPSOCL.
Foto destacada: AFP.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.