Nas salas de cinema, nas festas juninas, nas festas infantis ou em confraternizações em frente à TV ela reina absoluta. A boa notícia é que, além do seu sabor incomparável, a pipoca também tem muitos outros benefícios para a saúde, como o combate ao envelhecimento e ao excesso de peso, graças aos seus altos níveis de antioxidantes.

Segundo estudo apresentado na reunião anual da American Chemical Society, a pipoca contém antioxidantes mais saudáveis – chamados ‘polifenóis” – que algumas frutas e legumes. Não é a melhor descoberta?

O Dr. Joe Vinson , da Universidade de Scraton na Pensilvânia, diz que a pipoca tem uma alta concentração de polifenóis e fibras.

“Pipoca pode ser o lanche perfeito. É o único sanduíche que é 100 por cento inteiro grãos não processados ​​”, disse Vinson.

Embora sejam realmente saudáveis, as formas como são preparadas e servidas podem afetar sua imagem saudável, pois, adicionando manteiga ou caramelo, elas se tornam “um pesadelo nutricional carregado de gorduras e calorias”.

É aconselhável prepará-los da maneira mais natural possível e com um mínimo de óleo e pouco sal. Deve ser mencionado que a pipoca não pode substituir frutas e vegetais frescos em uma dieta saudável.
Se você tem um desejo, recomendamos que você experimente um pouco de pipoca. Uma porção de 100 gramas contém 389 calorias, 15 gramas de fibra, mais 78 gramas de carboidratos, 13 gramas de proteína e 5 gramas de gordura.

Ou seja, da próxima vez que for comer pipoca, o faça sem culpa, desde que ela tenha sido preparada corretamente.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Nation.
Foto destacada: Reprodução/Blasting News.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.