Quando uma pessoa egressa do sistema prisional vai buscar reinserção no mercado de trabalho, encontra muitas dificuldades e às vezes até chega a concluir que esta é uma tarefa impossível, já que a maioria das empresas alimenta desconfianças quando se vê diante de um candidato a vaga de emprego que tenha um histórico criminal.

Foi justamente esse o cenário que viveu Michael Carter, um ex-presidiário que passou por muitos desafios para começar a trabalhar. No entanto, depois de muito esforço e dedicação, ele tem conseguido progredir e é um grande exemplo para outras pessoas na mesma situação que ele.

Tudo começou quando Michael cumpriu sua sentença de 12 anos, após ser preso aos 16 anos. Ao procurar um emprego, passou por muitas dificuldades. Porém, ele nunca desistiu e decidiu estudar e se tornar chef. Mais tarde, o jovem começou a se candidatar a vagas de emprego em vários restaurantes, mas sempre encontrava resistência por parte dos empregadores.

Diante dessa situação, Michael decidiu esconder esse aspecto de seu currículo e foi finalmente contratado. Com o tempo, o jovem começou a se sobressair no trabalho devido ao seu talento e à sua determinação, então se tornou gerente de uma famosa pizzaria chamada Down North Pizza, na Filadélfia, Estados Unidos.

O proprietário da Down North Pizza, Muhammad Abdul-Hadi, disse à mídia norte-americana que, desde então, deu a vários ex-presidiários a oportunidade de trabalhar com ele e, atualmente, a maioria de seus funcionários é composta por ex-presidiários.

“Nós somos a prova viva de que você pode construir um negócio com pessoas que estiveram na prisão”, disse o proprietário da Down North Pizza com orgulho ao NPR News.

Ao longo dos anos, a pizzaria Down North se tornou uma das mais populares do condado e até alcançou o reconhecimento de estar entre as melhores da Filadélfia. Dia a dia, o estabelecimento conquista mais e mais fãs. Muitos apoiam o restaurante, por considerá-lo um magnífico exemplo de empatia ao proporcionar aos ex-presidiários oportunidades que, em muitos casos, lhes seriam de difícil acesso.

Além disso, o subchefe da Down North Pizza, Jamar Johnson, comentou à mídia que outro aspecto importante do apoio que o dono da pizzaria os oferece é o pagamento de salários justos pelo seu trabalho e também a disponibilização de dois apartamentos para que eles utilizem enquanto lutam para se estabelecer, visto que pessoas egressas do sistema prisional enfrentam muitos desafios quando tentam alugar casas ou apartamentos, devido à discriminação e à falta de referências.

Dessa forma, Muhammad está fazendo a diferença na Filadélfia e tem se revelado um leal defensor da ideia de que outras empresas sigam seu exemplo e contratem ex-presidiários, para que essas pessoas possam ter uma segunda chance na vida.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Nation.
Fotos: Reprodução.

RECOMENDAMOS






Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.