O coração tem razões que a própria razão desconhece, já dizia o pensador Blaise Pascal. E este pensamento se aplica perfeitamente à história de Pak Arifin, um homem que até os seus últimos dias se esforçou para cumprir uma promessa, esperando ver novamente o amor de sua vida.

Pak Arifin morava em Malang, na Indonésia, e desde os anos 1970 ficava sentado no mesmo canto, de madrugada até tarde da noite, e depois voltava para casa, pronto para repetir tudo outra vez no dia seguinte. Assim o fez de forma incessante, sendo reconhecido por toda a vizinhança e tornando-se um personagem local. Todos conheciam sua história, mas não sabiam como ajudá-lo.

A prática incomum de Pak nada mais era do que um ato de amor. Ele se sentava ali na esperança de reencontrar a mulher a quem amava desesperadamente. Ao lado de uma loja e debaixo de uma árvore, passou até o último de seus dias esperando por alguém que nunca apareceu.

A história que circula por Malang e publicada no Twitter é que depois de incidentes políticos, Pak foi separado de sua amada, mas antes de se encontrarem pela última vez, os dois prometeram se encontrar novamente no mesmo canto onde sempre se viram uma vez na cidade. Ele manteve sua promessa e após o retorno à estabilidade política, ele passou a ir para o mesmo lugar todos os dias.

Infelizmente, nada mais se sabia de sua amada; os rastros dela foram completamente apagados. Muita gente tentou encontrar a mulher amad de PPak, mas nenhuma pista foi encontrada. Não se sabia se ela estava viva ou morta, nem se ela ainda estava no país; a única certeza é que a lealdade de Pak era inabalável.

Um dia, os moradores do bairro receberam a pior notícia. Pak foi encontrado na calçada caído no chão e machucado, com marcas de espancamento. Ele foi levado para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Agora, um epitáfio em sua homenagem foi gravado nas paredes do lugar onde ele costumava se sentar, com a frase “O poder do amor”. Em breve, a história deste eterno apaixonado também será gravada na parede do local para que todos que por ali passarem dediquem um pensamento ao homem que viveu em função do amor imenso que carregava no peito.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de UPSOCL.
Fotos: Reprodução.

RECOMENDAMOS






Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.