Há um quê de riso em cada mulher.

No seu mais íntimo recôndito, há uma energia alegre represada. E, mesmo diante do abismo do sofrimento, há nela um suprimento de esperança triunfal prestes a eclodir.
É intrigante a persistência feminina, aliada à capacidade de manter os olhos acesos e a vontade amolada, para lançar-se com ânimo e vontade de acertar em tudo o que faz.
É como se as mulheres fossem seres feitos em camadas. E mesmo sob o peso do cansaço ou desilusão da camada mais externa, houvesse uma reserva de paciência heroica, de força interior e disponibilidade ao comprometimento.

É como se em cada mulher houvesse uma risada prestes a eclodir. Não pense que é o riso que se escancara fácil diante da graça superficial. Aqui, a risada feminina é a metáfora da força do ânimo construtivo e encorajador que faz de cada mulher um ser forte, mesmo quando ferido.

Risada que pode aflorar em sorriso cálido e singelo como um ramalhete de lilases ou num riso estonteante e animador como um buquê de rosas exuberantes. Risada que pode vibrar como arranjo de pomposa orquestra ou soar como doce concerto de violinos.
Não importa a forma como se exprime.

Aproxime-se de uma mulher. Veja como realiza seu trabalho; como ama; como olha o mundo ao seu redor. Há um toque de amparo em cada gesto de zelo; um manancial de integridade íntima e disposição à luta e ao cuidado do trabalho diligente. E tudo advém do fato de a mulher ter a alma envolta em uma teia de carinho, ânimo e disposição prestes a envolver a realidade à sua volta.

Por isso, observe e verá.

Cada mulher, mesmo quando depara com a discriminação ou traz marcas de relações abusivas ou negligentes, tem um núcleo recôndito de desejo de triunfar sobre o que a impede de forjar seu caminho. E caminha com calçados de algodão, ouro ou aço. Conforme o chão.

Imagem de capa: Shutterstock/Uber Images

*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS


Liduína Benigno Xavier
Psicóloga, Mestre em Educação, formação em Facilitação de Processos humanos nas organizações, a escritora é consultora organizacional há mais de vinte e cinco anos; É autora do livro: Itinerários da Educação no Banco do Brasil e Co-autora do livro: Didática do Ensino Corporativo - O ensino nas organizações.Mantém o site: BlogdoTriunfo que publica textos autorais voltados ao aperfeiçoamento pessoal dos leitores e propõe reflexões que ajudam o leitor a formar visão mais rica de inquietações impactantes da existência.

COMENTÁRIOS