No último dia 11, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou o surto de coronavírus como uma pandemia. O termo é utilizado quando uma epidemia – grande surto que afeta uma região – se espalha por diferentes continentes com transmissão sustentada de pessoa para pessoa. Atualmente, há mais de 115 países com casos declarados da infecção.

Coronavírus é uma família de vírus que pode causar danos em animais e em humanos. Em pessoas, pode resultar em infecções respiratórias que vão desde um resfriado até síndromes respiratórias agudas severas. O novo coronavírus (SARS-Cov-2) causa a doença denominada Covid-19, que teve início na China, em dezembro de 2019.

Para facilitar a diferenciação entre os sintomas do novo coronavírus e da gripe comum, o Sistema Nacional de Saúde Britânico (NHS) divulgou alguns pontos essenciais a ter em atenção. Esteja atento a estes sinais:

Febre

Covid-19: comum;

Gripe: comum.

Fadiga

Covid-19: às vezes;

Gripe: comum.

Espirrar 

Covid-19: não;

Gripe: sim.

Dores no corpo

Covid-19: às vezes;

Gripe: comum.

Tossir

Covid-19: comum (geralmente seca);

Gripe: comum (geralmente seca).

Muco ou nariz entupido

Covid-19: raro;

Gripe: às vezes.

Dor de garganta

Covid-19: às vezes;

Gripe: às vezes.

Diarreia

Covid-19: raro;

Gripe: às vezes (sobretudo em crianças).

Dor de cabeça

Covid-19: às vezes;

Gripe: comum.

Falta de ar

Covid-19: às vezes;

Gripe: não.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Agência Brasil e Notícias ao Minuto.
Foto destacada: Reprodução.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.