Não é de surpreender que os adultos de nossa sociedade passem muito tempo olhando para seus celulares. Parece que o modo de comunicação mudou e que o uso de redes sociais é uma prioridade para muitas pessoas. Isso é bastante prejudicial, pois faz com que muitos adultos se desconectem demais da realidade e, o que é pior, esse vício pode causar muitos danos às crianças.

O perigo do vício nos dispositivos móveis

Talvez você já tenha notado que, enquanto seu filho fala com você ou deseja compartilhar experiências com você, você muitas vezes acaba olhando para o celular e ignorando o que seu filho está dizendo para você. Esta é uma triste realidade com que muitas crianças têm que conviver hoje. Mas o pior não é isso, o pior é que eles aprendem que isso é normal e, no futuro, eles também o farão.

Parece que o vício em dispositivos móveis é algo comum hoje em dia, mas isso causa muito dano intelectual e emocional aos filhos de pais viciados nesses dispositivos, especialmente aqueles que são mais jovens. Existem estudos neurocientíficos que deixam claro que os primeiros 3 anos de vida das crianças são quando desenvolvem suas habilidades linguísticas, emocionais, sociais e motoras mais rapidamente.

Quando os pais não desgrudam do celular, eles estão deixando para trás experiências com os filhos que nunca mais se repetirão. Quando os filhos são privados de uma interação de qualidade com os pais, isso pode causar problemas emocionais e atrasos no desenvolvimento, como, no desenvolvimento da fala ou habilidades sociais essenciais.

A importância das interações cara a cara

A interação cara a cara entre pais e filhos é essencial para que os pequenos desenvolvam boas habilidades e melhorem seu aprendizado dia após dia, bem como seu comportamento e desenvolvimento emocional . As crianças se desenvolvem através de interações de qualidade com seus pais. .

Todos os dias de nossas vidas fazemos depósitos no banco de memória de nossos filhos

-Charles Swindoll-

O problema também é que, quando um pai presta mais atenção ao celular do que ao filho, o pequeno irá tentar chamar sua atenção, tendo que desviar sua concentração do que foi absorvido. Ele tenderá a ficar com raiva mais facilmente e perder a calma com os mais pequenos. Isso causará grande dor emocional em crianças que não entenderão completamente o que está acontecendo.

É triste, mas a realidade é que as crianças se sentem ignoradas pelos pais. Pais que parecem robôs olhando para o celular o dia todo, absorvidos em uma tela. Além disso, quando as crianças vêem isso acontecer, tendem a se comportar pior para chamar a atenção dos pais, algo que os deixa mais irritados e a tensão no ambiente se estabelece.

Quando um adulto está respondendo a uma mensagem, seu cérebro ativa a função de tarefas com urgência, então, se for interrompido nisso, pode tratar mal seus filhos. É impensável que os pais dêem às atividades digitais mais prioridade do que seus próprios filhos, mas, infelizmente, isso é uma realidade. As crianças sentem que não são importantes para os pais, fomentando o sentimento de rejeição e prejudicando seriamente o desenvolvimento de sua auto-estima.

Tudo isso deve mudar

Os pais devem estar cientes da importância da interação com seus filhos. Os pequenos devem ser ouvidos com calma todos os dias de suas vidas. É necessário que haja algumas medidas para superar o vício em celulares e que, portanto, a qualidade da interação familiar melhore:

– Defina algumas regras e prazo para o uso de dispositivos móveis em casa
– Priorize a interação com as crianças e silencie o celular enquanto estiver brincando ou interagindo com elas.
– Também estabeleça regras para o tempo de uso de dispositivos móveis para as crianças – todos controlar o vício em telas
– Esteja ciente da estimulação diária de que as crianças precisam e do tempo de qualidade com a família
– Defina um horário para o trabalho, não é necessário responder um e-mail quando estiver com as crianças, isso pode esperar
– Não toque no celular durante as refeições com a família.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Eres Mamá.
Fotos: Reprodução.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.