Você têm sofrido com a queda de cabelo? Pois saiba que isso pode ter relação com o número de horas que você trabalha. Pelo meno é o que afirma um estudo recente, publicado na revista científica Annals of Occupational and Environmental Medicine.

O estudo concluiu que os homens entre 20 e 30 anos que trabalhavam pelo menos 52 horas semanais, perdiam o cabelo mais rapidamente do que aqueles que tinham um horário de trabalho regular.

Para chegar aos resultados, a equipe de pesquisadores estudou 13391 empregados, divididos em três grupos: aqueles que trabalhavam 40 horas semanais, os que trabalhavam 52 horas, e os que trabalhavam mais do que 52. O primeiro grupo registrou um aumento de dois por cento na queda de cabelo, o segundo de três por cento, e o último de quatro.

De acordo com os pesquisadores sul coreanos, o estudo teve também em conta as variáveis do seu estilo de vida e o estado civil. Mas a conclusão permanece a mesma: trabalhar demais e não ter horas de lazer danifica os folículos e causa a queda de cabelo.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Notícias ao Minuto.
Foto destacada: Reprodução/ Página Ana Maria Braga.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.