O jovem argentino Emiliano Bisson conheceu Marcos Peluffo em uma praia em Sydney, na  Austrália. Na época, Marcos cuidava de Philip Stephens, um homem com deficiência, cuja única paixão era viajar pelo mundo.

Marcos disse a Emiliano que não podia mais cuidar de Philip e disse-lhe se teria interesse em conhecê-lo para que ele pudesse começar a cuidar dele. O jovem argentino achou que era uma boa ideia, e foi aí que Emiliano e Philip foram apresentados e eles criaram instantaneamente um vínculo incrível. Emiliano concordou em ser seu cuidador noturno, e com o passar do tempo tornaram-se grandes amigos.

Felizmente, os dois compartilham uma mesma paixão: viajar pelo mundo. Um de seus objetivos era visitar os cinco continentes e quando pensaram em ir ao Peru, encontraram um pequeno obstáculo.

Philip sofre de tetraplegia e o caminho para chegar a Machu Picchu seria muito difícil. Porém, Emiliano queria fazer todo o possível para que o amigo fizesse essa viagem, pois Philip certa vez confessou que um de seus maiores sonhos era subir ao topo da cidadela inca. Eles entõa se decidiram a fazer a viagem.

Os dois então partiram junto de mais um amigo. A viagem durou sete semanas.

Eles começaram visitando alguns destinos da América Latina, até que finalmente chegaram a Cusco, onde o verdadeiro desafio começou.

Embora tenham cumprido sua missão, a jornada não foi fácil. Precisaram da ajuda de outras pessoas devido ao declive da estrada em alguns trechos e dizem que sem o incentivo e apoio de todas as pessoas que cruzaram a estrada não teriam conseguido.

Sem dúvida uma história que vale a pena contar e que também nos ensina que a amizade pode fazer tudo.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Nation.
Foto destacada: Reprodução.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.