Ainda não é natal, mas a uva passa está em pauta novamente, e desta vez nem é por conta da velha polêmica do uso dela no arroz ou na farofa. Acontece que informações divulgadas pela Universidade de Berkeley, nos Estados Unidos, dão conta de que apenas uma porção de uvas passas contém quase três vezes mais antioxidantes do que a mesma quantidade de uvas frescas, o que faz com que a versão desidratada da fruta seja uma poderosa aliada na prevenção de doenças degenerativas.

As uvas passas estão entre os alimentos mais ricos em antioxidantes, substâncias que combatem radicais livres e retardam o envelhecimento. Duvido que você sabia dessa!

O grande trunfo das uvas desidratadas são os polifenóis, compostos bioativos com poderosa ação antioxidante que contribuem para prevenir doenças como câncer, Parkinson e Alzheimer.

O alimento ainda serve como fonte de outros nutrientes como vitamina C, fibras, potássio, ferro e sais minerais.

De acordo com os pesquisadores de Berkeley, as uvas passas brancas são ainda mais ricas em antioxidantes, porque os sulfitos usados para preservar sua cor no processo de secagem impedem que alguns desses compostos oxidem.

Vale ressaltar que as uvas passas devem ser consumidas com moderação. O processo de secagem otimiza os nutrientes, mas também concentra os açúcares e chega a ter quatro vezes mais calorias que as uvas normais.

Este texto te ofereceu argumentos o suficiente para, no mínimo, passar a olhar a uva passa com outros olhos. Então, quando a vir enfeitando o arroz ou a farofa na Ceia de Natal, agradeça a quem teve essa ideia.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Vix.
Imagem destacada: Reprodução/Curitiba em Destaque.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.