Algumas mulheres esperam com tranquilidade pela chegada de seus 30 anos, enquanto outras temem o marco. Mas há dois anos, Stacy Blair nem tinha certeza de que viveria o suficiente para chegar a essa idade.

Pesando 159 quilos, a jovem de 28 anos de Minnesota (EUA) estava se aproximando de uma encruzilhada. Ela mantinha um relacionamento nada saudável com a comida há anos, vivendo num constante vai e vem entre comer exageradamente e tentar controlar a alimentação, sem obter muito sucesso. Em setembro de 2017, porém, ela diz que teve seu “momento aha”.

“Uma manhã, eu estava me preparando para uma função de trabalho, olhei no espelho e fiquei arrasada com o que vi”, disse Stacy. “Minha saúde estava piorando progressivamente e eu já sentia dores apenas em ficar em pé e me mover”.

“Aos 28 anos, eu estava tomando remédios para pressão alta, minha asma estava piorando e era fisicamente doloroso andar ou ficar em pé por mais de cinco minutos”, acrescentou.

Stacy escolheu a vida e começou a correr para recuperar sua saúde. Ela não apenas conseguiu comemorar a chegada dos seus 30 anos como também entendeu a alegria de estar viva por estar viva depois de perder quase 100 quilos. Agora, ela está inspirando outras pessoas a seguir vidas mais saudáveis, compartilhando suas dicas de progresso e perda de peso no Instagram.

Stacy credita seu sucesso a cinco mudanças que promoveu em sua vida:

1. Encontre o seu “porquê”

Durante anos, a principal motivação de Stacy para perder peso era sua aparência. Mas depois de dar aquele olhar honesto no espelho, seu objetivo mudou.

“Naquele momento, minha mente mudou: não quero perder peso apenas para ser magra, ‘quero perder peso porque quero continuar viva'”, disse ela.

2. Registre o que você está comendo

Stacy começou sua jornada rastreando calorias com o aplicativo MyFitnessPal. Isso a ajudou a entender melhor o tamanho ideal das porções e o quão calóricos podem ser muitos dos alimentos que consumia despreocupadamente durante o dia.

3. Foque na alimentação primeiro

Em vez de sobrecarregar seu corpo com uma mudança drástica, Stacy decidiu perder 22 quilos antes de se aventurar no mundo dos exercícios. Ela alcançou esse objetivo apenas com a dieta – na verdade, ela diz que mudar seus hábitos alimentares a ajudou a perder a maior parte do peso extra. Logo que começou a malhar, ela se lesionou e teve que parar. Agora ela diz que opta por exercícios “não estruturados”, como passear com o cachorro e caminhar por pelo menos 30 minutos por dia.

4. Prepare suas próprias refeições

Stacy sabia que ter opções saudáveis ​​prontas para ir tornaria mais fácil dizer não ao fast food. Então, ela adquiriu o hábito de preparar almoços e jantares antes do início de cada semana. Normalmente, eles consistem em frango ou salmão com lados de legumes frescos.

5. Dieta cetogênica

Stacy pesquisou a dieta pobre em carboidratos por cerca de um ano antes de decidir experimentá-la. Ela usou uma calculadora gratuita de macronutrientes para rastrear carboidratos, gorduras e proteínas e diz que, no final das contas, a levou a se sentir mais satisfeita ao longo do dia. Mas, ela acrescenta, não é uma dieta milagrosa e certamente não é para todos. O aspecto mais importante da perda de peso é a mudança sustentável.

“Quero que outras mulheres saibam que, quando se trata de perder peso, não existe ‘impossível’ ou ‘tarde demais’; nunca é tarde para recuperar sua saúde. Seja paciente consigo mesmo – ela disse. “No final das contas, quando tudo já foi dito e feito, não se trata do peso que você perde, mas da vida que você ganha.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Inspire More.
Fotos: Reprodução/redes sociais.

 

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.