Marina Ruy Barbosa, que costuma ser bastante reservada nas redes sociais, usou seu perfil no Twitter no último sábado |(14) para fazer um honesto desabafo e propôr aos seus mais de 4,2 milhões de seguidores uma necessária reflexão sobre o impacto que a cultura do ódio nas redes sociais pode causar à saúde mental de uma pessoa.

“Hoje fui na terapia e sério vocês não sabem (ou alguns até sabem e fazem de propósito) o estrago na saúde mental que as vezes a internet/mídia pode fazer. Tipo, nada simplesmente passa. Deixa cicatriz”, afirmou a atriz de 26 anos.

Marina ainda fez um apelo aos usuários da rede: “Não seja o causador da perda de saúde de alguém. Não seja esse tipo de ser de ódio. De amor pra quem você gosta. Se não gosta de x, y e z apenas ignore. Não perca tempo querendo entristecer ou atacar alguém que vc não gosta”.

A atriz acredita que o ódio destilado na internet contra as personalidades públicas levará os artistas a assumirem uma postura cada vez mais superficial.

“Vocês vão criar uma geração de ídolos e pessoas da mídia cada vez mais distantes, superficiais e com medo disso tudo. Medo do ódio. Uma geração que muitas vezes vai se afastar de tudo por sobrevivência”, conclui.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de E+ Estadão.
Foto destacada: Reprodução.

RECOMENDAMOS






Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.