Depois de sofrer um infarto, o aposentado João Stanganelli Junior, de 64 anos, passou a se dedicar a aprender a arte do crochê, e foi aí que ele decidiu utilizar essa prática para promover a inclusão.

João, que mora na cidade de Bragança Paulista, interior de São Paulo, tem vitiligo, uma condição rara que causa despigmentação da pele. Então ele teve a ideia de criar bonecas de crochê que tem a mesma condição que ele.

A primeira boneca criada pelo aposentado foi batizada como Vitilinda, com lindas manchas sobre a pele. E ele ofereceu a Vitilinda como presente para a sua netinha.

Embora no começo os seus dedos doessem e a ideia fosse apenas confeccionar as bonecas como um hobby, João ficou satisfeito com o resultado e decidiu criar mais alguns modelos e divulgar o trabalho para que crianças nestas condições também se sentissem representadas.

E o sucesso das bonecas com vitiligo foi tanto que a filha da autora Tati Santos de Oliveira, Maria Luiza – que apresentou os primeiros sinais de alteração na pele aos três anos – conheceu João e ganhou a sua própria boneca.

Feliz com o resultado, ele decidiu ampliar a sua “coleção” criando também brinquedos com alopecia areata, psoríase, dermatite atópica, entre outros.

Segundo João, sua nova atividade favorita é pra suavizar quem tem essa condição, que atinge em média 2% da população. E embora não cause danos mais sérios à saúde, pode afetar o psicológico dos portadores, principalmente quando se trata de crianças.

“As manchas que tenho são lindas, o que mais machuca são as manchas no caráter das pessoas”, comenta.

Hoje Stanganelli mantém seu antigo trabalho com gastronomia, mas de forma muito menos intensa: segundo diz, 90% de seu tempo é dedicado à fabricação de bonecas.

O crochê se tornou mais do que uma terapia, uma espécie de vício para o vovô, que transformou a prática numa forma de ajudar outras pessoas a superar o preconceito.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Hypeness e SNB.
Fotos: Divulgação.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.