Karelia de la Vega, a youtuber mais conhecida como Lady Vulgaraza, deu início a um projeto em meio à pandemia que tem animado a comunidade da internet: ela montou um refeitório infantil em sua casa.

Na comunidade Pochocuape, no Nicarágua, a youtuber oferece pratos de comida pelo menos três dias por semana. Ao meio-dia, as crianças fazem fila na entrada da casa de Karelia, que tambpem é ativista social.

Como ela bem explicou ao La Prensa, esta ideia nasceu devido à difícil situação econômica que as famílias da comunidade estão enfrentando devido à pandemia.

“Começamos essa ajuda humanitária há cerca de um mês com as crianças da minha comunidade, sempre com vontade de ajudar. São cerca de cem crianças e o trabalho começou com alguns amigos que estão fora do país. Eles começaram a colaborar e agora se expandiu e muitas pessoas (do Nicarágua) ajudaram ”, explicou.

Graças à iniciativa da ativista nicaraguense, agora as crianças de baixa renda, que trabalham na coleta de garrafas plásticas, podem se alimentar. “Para nós é um prazer, estamos sempre com a minha família preparando comida e estamos sempre convidando as crianças a virem buscar os seus pratos. As crianças são de várias idades, a partir dos dois anos, o mais velho tem 14 ”, disse Karélia.

Apesar das boas intenções de Karelia, ela infelizmente não tem dinheiro suficiente para continuar o projeto. Ou pelo menos oferecer comida sete dias por semana.

“Às vezes, segunda, quarta e sábado entregamos comida para as crianças, não temos dias específicos por falta de dinheiro. Quando não é possível no início da semana, fazemos às quintas, sextas e sábados, ou seja, são três vezes na semana. O mínimo é 100 pratos, mas às vezes vem mais gente ou mandamos comida para os idosos que não podem sair porque são idosos ”, disse.

Embora a ideia da Karélia seja que este projeto continue a se expandir e a beneficiar os idosos da comunidade.

“Eu preparo a comida e entrego na minha casa, o que acontece é que no momento não temos transporte para sair e entregar na rua, além da segurança já que a Polícia me vendo fazendo esse ato na rua pode fazer muitas coisas para me interromper. É por isso que estamos tomando esta medida. Tem várias pessoas que ajudam economicamente, nem sempre as mesmas pessoas todos os dias, tem gente que nos manda $ 10,20 ou $ 30 ”, disse à mídia local.

“Não estou pedindo milhares ou milhões, com o que posso para beneficiar essas crianças”, disse a jovem. Ela garante que está aberta a doações e que, para isso, é necessário entrar em contato com ela por meio de suas redes sociais.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de UPSOCL.
Fotos: Reprodução/Facebook Lady La Vulgaraza “Real”.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.