Estimular a psicomotricidade da criança

O objectivo da estimulação psicomotora, centra-se na criança como um todo, tendo em conta quer os aspectos funcionais quer os relacionais.

O bebê começa por perceber o mundo através do seu próprio corpo. As sensações de satisfação e de insatisfação, a dor, sensações visuais, auditivas, permitem-lhe situar-se no mundo e interagir com ele.

A psicomotricidade utiliza o corpo em movimento, como meio de relação da criança consigo própria, com o terapeuta e, também com o espaço, o tempo e os objectos.

Durante a primeira infância, há o predomínio da exploração através dos sentidos. Neste estadio, revela-se muito importante a valorização das acções da criança e o incentivo à exploração de todas as formas possíveis de expressão, expressão motora, gráfica, verbal, sonora, plástica,etc…

Para que serve o treino de psicomotricidade ?

A intervenção ao nível da psicomotricidade pode também ser usada na sua vertente preventiva. Há a intenção de promover e estimular o desenvolvimento, incluindo a melhoria/manutenção de competências de autonomia ao longo de todas as fases da vida de um indivíduo.

Durante a infância, uma intervenção ao nível da psicomotricidade vai potencializar o desenvolvimento da função simbólica; das habilidades corporais como o equilíbrio, coordenação, orientação espacial e temporal . Para além disso, estimula a um melhor entendimento sobre si mesma e, por consequência, uma melhor compreensão em relação às outras pessoas e ao seu ambiente/envolvimento.

Como estimular a psicomotricidade ?

A psicomotricidade estimula-se através de jogos como por exemplo jogos funcionais ou motores, cuja função é dar harmonia aos gestos e aumentar a sua eficácia;

Pode também recorrer-se a jogos simbólicos ou de imaginação, que favorecem a passagem do nível sensório-motor para o nível da representação;

Por seu turno, os jogos de construção, permitem uma evolução mais rápida para uma adaptação mais precisa à realidade;

Os jogos com regras, facilitam o desenvolvimento da cooperação.

Texto de autoria da Psicóloga Teresa Paula Marques

Compartilhar
Teresa Paula Marques
Vivo em Lisboa, mas nasci há 48 anos, no Tramagal (Abrantes). Desde 1992 que me dedico à psicologia, nas suas mais variadas vertentes ...



COMENTÁRIOS